http://www.uol.com.br
http://economia.uol.com.br
http://esporte.uol.com.br

celulares
http://cinema.uol.com.br
Sandi Patti on 6Lyrics.com

Obrigado Senhor,

pelo dom

precioso

da minha vida...

esta vida que

recebi de presente

e pela qual

me sinto

responsável!

*Waiting on the world to change* Eu e todos os meus amigos Estamos sendo mal compreendidos Eles dizem que nós resistimos por nada, e Não há nenhum caminho possível Agora nós vemos tudo que está indo errado Com o mundo e seus líderes Nós apenas sentimos que não temos um caminho... Para passar por cima e acabar com tudo isso Então continuamos esperando Esperando o mundo mudar Continuamos na espera Esperando o mundo mudar É difícil vencer o sistema Quando estamos tão distantes Então continuamos esperando Esperando o mundo mudar Agora se tivéssemos o poder De trazer para casa nossos vizinhos da guerra Eles poderiam nunca ter perdido um Natal Sem mais fitas em suas portas E quando você acredita na sua TeleVisão O que você vê é o que você tem Porque quando eles compram a informação, oh Eles podem distorce-la do jeito que quiserem Por isso nós estamos esperando Esperando o mundo mudar Nós continuamos na espera Esperando o mundo mudar Não é que nós não nos importamos Nós apenas sabemos que a luta é injusta Então continuamos esperando Esperando o mundo mudar E nós ainda estamos esperando Esperando o mundo mudar Nós continuamos na espera, esperando o mundo mudar Um dia nossa geração... Irá comandar a população Então continuamos esperando Esperando o mundo mudar Nós continuamos na espera. (cantor:John Mayer)
Banda Catedral - Onde o amor reinar Sei que eu posso alcançar Os meus sonhos com você Você é vida em meu viver A razão de percorrer... no jardim, no luar, no ato de pensar no sorriso, no meu coração Você está Onde o amor reinar Onde a paz morar Eu vou estar E este é o meu lugar Onde o azul do mar Brilha no meu olhar Te sinto em mim No vento a me tocar.

Amor: Deus,minha familia, amigos...viver é ter a Deus,e amar a Deus sobre todas as coisas.

Como vejo a vida: Uma única oportunidade de viver, aqui neste chão com muita dignidade,sem ter vergonha de ser feliz,amando o próximo como me amo,não conduzindo minha vida com egoísmo e orgulho,mas deixando que Deus em sua infinita sabedoria á conduza.

 

 

Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, de 36 a 45 anos, Arte e cultura, Informática e Internet, Cinema e vídeo

*Tudo sobre Bebês*

"A vida não é um
corredor reto e
 tranquilo que nós
percorremos livres e sem
empecilhos,mas um laberinto
 de passagens,pelas quais
nós devemos procurar nosso
 caminho,perdidos e confusos,
de vez em quando presos
em um beco sem saída.Porém,
se tivermos fé,
uma porta sempre
 será aberta para
nós,não talvez aquela
 sobre a qual nós mesmos
 nunca pensamos,
mas aquela que
definitivamente
se revelará boa para nós".
                                       

"Quem Mexeu No Meu Queijo"
     A.J.Cronim

PRÊMIOS GANHOS
ALMA GUERREIRA
GANHEI DA TIA MARA
GANHEI DA TIENE
VALE A PENA VISITAR

Image Hosted by ImageShack.us Visite o Cantinho da Duly!
Image hosted by Photobucket.com Image hosted by Photobucket.com


Histórico:

- Ver mensagens anteriores



Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis
- Viva e Deixe Viver
- ÓTIMA OPORTUNIDADE
- CASA HOPE


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Código html:
Cristiny On Line



Escrito por Paulo Franklin-

"A beleza está nos olhos de quem vê"

Nem sempre a beleza está contida nas coisas ostensivas. O que parece lindo aos nossos olhos pode na verdade não ser. Somos condicionados a achar bonito aquilo que o mundo considera bonito. Assim, corremos o risco de viver classificando as pessoas como belas e feias. A pergunta a ser feita é esta: o que é ser belo? O que é ser feio?
Os padrões de beleza vistos por aí na verdade não passam de uma maneira disfarçada para despertar o consumismo. Gastamos “rios” de dinheiro para ficarmos parecidos com o outro. Perdemos nossa identidade. Copiamos para ficar na moda. Imitamos aqueles que no fundo gostariam de ser diferentes.
A pessoa bela é aquela que se permite ser ela mesma. Muda o que pode ser mudado, mas não vive na paranóia do corpo perfeito. Cada pessoa é linda na sua essência. Deus não nos fez iguais. As diferenças realçam o que temos de melhor. Somos atraídos pelo diferente. Viver ao lado de uma cópia de si mesmo deve ser estressante.
Pra mim, ser feio é fingir ser que não se é para agradar os outros. O feio sabe disso. Não se cansa de procurar “modelos” para copiar e nunca está satisfeito com o que já conseguiu. Quer sempre mudar algo em seu corpo. Segue o que os outros seguem. São folhas levadas pelo vento.
A beleza não está (somente) na forma do rosto, na estrutura do corpo. Uma pessoa é bela quando tem a capacidade de mostrar para os outros o seu melhor, sem se comparar a ninguém. O belo não se preocupa em estar na moda, porque sabe que a moda passa. O belo concentra sua beleza nas coisas simples, vistas somente por quem conseguiu encontrar seu espaço neste mundo formado por pessoas diferentes.
Quem é bonito pra mim, pode não ser tão belo assim pra você. “A beleza está nos olhos de quem vê” (Augusto Cury). Quando aprendermos a respeitar as diferenças poderemos crescer como pessoas e entenderemos enfim que o diferente não me diminui: o diferente me completa.
  

 



- Postado por: Neide Ramos às 14h06
[ envie esta mensagem ]



"A VIDA É FEITA PARA SE COMPARTILHAR"-A T-Mobile

A T-Mobile, empresa alemã de celulares, costuma reunir centenas de pessoas em seus comerciais, todos convidados para o que se chama de “flash mob”, algo como “mobilização relâmpago”. Seus vídeos têm sucesso estrondoso no YouTube. O slogan é “A vida é feita para se compartilhar”.

 



- Postado por: Poetisa às 21h44
[ envie esta mensagem ]



"A CIDADE DOS REMUNGOS"


Era uma vez um lugar chamado Cidade dos Resmungos, onde todos resmungavam, resmungavam, resmungavam.

No verão, resmungavam que estava muito quente.

No inverno, que estava muito frio.

Quando chovia, as crianças choramingavam porque não podiam sair.

Quando fazia sol, reclamavam que não tinham o que fazer.

Os vizinhos queixavam-se uns dos outros, os pais queixavam-se dos filhos, os irmãos das irmãs.

Todos tinham um problema, e todos reclamavam que alguém deveria fazer alguma coisa.

Um dia chegou à cidade um mascate carregando um enorme cesto às costas.

Ao perceber toda aquela inquietação e choradeira, pôs o cesto no chão e gritou:

- Ó cidadãos deste belo lugar ! Os campos estão abarrotados de trigo, os pomares carregados de frutas.

As cordilheiras estão cobertas de florestas espessas, e os vales banhados por rios profundos.

Jamais vi um lugar abençoado por tantas conveniências e tamanha abundância.

Por que tanta insatisfação ? Aproximem-se, e eu lhes mostrarei o caminho para a felicidade.

Ora, a camisa do mascate estava rasgada e puída.

Havia remendos nas calças e buracos nos sapatos.

As pessoas riram que alguém como ele pudesse mostrar-lhes como ser feliz. Mas enquanto riam, ele puxou uma corda comprida do cesto e a esticou entre os dois postes na praça da cidade.

Então segurando o cesto diante de si, gritou :

- Povo desta cidade ! Aqueles que estiverem insatisfeitos escrevam seus problemas num pedaço de papel e ponham dentro deste cesto.

Trocarei seus problemas por felicidade !

A multidão se aglomerou ao seu redor.

Ninguém hesitou diante da chance de se livrar dos problemas.

Todo homem, mulher e criança da vila rabiscou sua queixa num pedaço de papel e jogou no cesto.

Eles observaram o mascate pegar cada problema e pendurá-lo na corda.

Quando ele terminou, havia problemas tremulando em cada polegada da corda, de um extremo a outro.

Então ele disse :

Agora cada um de vocês deve retirar desta linha mágica o menor problema que puder encontrar.

Todos correram para examinar os problemas.

Procuraram, manusearam os pedaços de papel e ponderaram, cada qual tentando escolher o menor problema.

Depois de algum tempo a corda estava vazia.

Eis que cada um segurava o mesmíssimo problema que havia colocado no cesto. Cada pessoa havia escolhido os seu próprio problema, julgando ser ele o menor da corda.

Daí por diante, o povo daquela cidade deixou de resmungar o tempo todo.

E sempre que alguém sentia o desejo de resmungar ou reclamar, pensava no mascate e na sua corda mágica.
(AUTOR DESCONHECIDO)



- Postado por: Poetisa às 21h16
[ envie esta mensagem ]



SE TU QUISERES CRER- SORAYA MORAIS

- Postado por: Poetisa às 21h45
[ envie esta mensagem ]



É Proibido

É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,

Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,

Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

 

Autor: Pablo Neruda

 



- Postado por: Poetisa às 20h32
[ envie esta mensagem ]



 

"Canção mais linda"

A canção mais linda quero cantar agora.

Cada palavra tem uma nota  de amor,

que resistiu ao tempo.

Nada  pode apagar este sentimento
tão belo.

Ele somente cresce cada dia mais.

Que todos amem hoje.

Que todos sintam o poder do amor.

Que todos sejam envolvidos por sua força.

Que os casais de velhinhos lindos se abracem,

e que totalmente enamorados

fiquem por horas abraçadinhos

querendo que o tempo não passe.

E que os casais de jovens

corram de mãos dadas pela praia,pela rua

contagiados pelo amor.

E que o dia deles termine com um belo pôr-do-Sol,

para abrilhantar este infinito sentimento.

Que as crianças brincando pelo pátio

seus rostos reflitam a mais sincera alegria

brincando elas passem o dia,

e  que este dia se torne inesquecível.

Pois viver em amor vale a pena.

Ter real paz de espírito vale a pena.

Ser feliz vale a pena.

Brincar vale a pena.

Abraçar vale a pena.

E tudo feito com amor...
é bom demais.

 

 

Autora _Neide Ramos

 

 



- Postado por: Poetisa às 20h45
[ envie esta mensagem ]



"O MENINO E O PIANISTA"
DESCONHEÇO O AUTOR
 

 


Desejando encorajar o progresso de seu jovem filho ao piano, a mãe levou-o a um concerto de Paderewski. Depois de sentarem, a mãe viu uma amiga na platéia e foi até ela saudá-la. Tomando a oportunidade para explorar as maravilha do teatro, o pequeno menino se levantou e, eventualmente, suas explorações o levaram a uma porta onde estava escrito "Proibida a Entrada".


Quando as luzes abaixaram e o concerto estava prestes a começar, a mãe retornou ao seu lugar e descobriu que seu filho não estava. De repente, as cortinas se abriram e as luzes caíram sobre um impressionante piano Steinway no centro do palco.


Horrorizada a mãe viu seu filho sentado ao teclado, inocentemente, catando as notas de "cai cai balão". Naquele momento, o grande mestre de piano fez sua entrada , rapidamente foi ao piano, e sussurrou no ouvido do menino.


"Não pare, continue tocando".


Então, debruçando, Paderewski estendeu sua mão esquerda e começou a preencher a parte do baixo. Logo, colocou a mão direita ao redor do menino e acrescentou um belo acompanhamento de melodia.


Juntos, o velho mestre e o jovem noviço transformaram uma situação embaraçosa em uma experiência maravilhosamente criativa. O público estava perplexo.


E assim são as coisas de Deus. O que podemos conseguir por conta própria mal vale mencionar.


Fazemos o melhor possível, mas os resultados não são exatamente como uma música graciosamente fluida. Mas, com as mãos do mestre, as obras de nossas vidas podem ser lindas.


Na próxima vez que você se determinar a realizar grandes feitos, preste atenção. Você pode ouvir a voz do Mestre, sussurrando em seu ouvido, "não pare, continue tocando". Sinta seus braços amorosos ao seu redor. Saiba que suas fortes mãos estão tocando o concerto de sua vida.


Lembre-se, Deus não chama aqueles que são equipados. Ele equipa aqueles que são chamados. E ele estará lá para amar e guiar você.

 



- Postado por: Poetisa às 11h48
[ envie esta mensagem ]



 

 O PACOTE DE SEMENTES

 

Um homem morava numa cidade grande e trabalhava numa fábrica. Todos os dias ele pegava o ônibus das 6h15min e viajava 50min até o trabalho, à tardinha fazia a mesma coisa voltando para a casa. No ponto seguinte ao que o homem subia, entrava uma velhinha, que procurava sempre sentar na janela. Abria a bolsa tirava um pacotinho e passava a viagem toda jogando alguma coisa para fora do ônibus.
Um dia, o homem reparou na cena. Ficou curioso. No dia seguinte, a mesma coisa. Certa vez o homem sentou-se ao lado da velhinha e não resistiu: Bom dia, desculpe a curiosidade, mas o que a senhora está jogando pela janela? Bom dia, respondeu a velhinha. - Jogo sementes. - Sementes? Sementes de que? - De flor. É que eu viajo neste ônibus todos os dias. Olho para fora e a estrada é tão vazia. E gostaria de poder viajar vendo flores coloridas por todo o caminho... Imagine como seria bom.
Mas a senhora não vê que as sementes caem no asfalto, são esmagadas pelos pneus dos carros, devoradas pelos passarinhos... A senhora acha que essas flores vão nascer aí, na beira da estrada?
Acho, meu filho. Mesmo que muitas sejam perdidas, algumas certamente acabam caindo na terra e com o tempo vão brotar. Mesmo assim, demoram para crescer, precisam de água... Ah, eu faço minha parte. Sempre há dias de chuva. Além disso, apesar da demora, se eu não jogar as sementes, as flores nunca vão nascer. Dizendo isso, a velhinha virou-se para a janela aberta e recomeçou seu "trabalho".
O homem desceu logo adiante, achando que a velhinha já estava meio "caduca". O tempo passou. Um dia, no mesmo ônibus, sentado à janela, o homem levou um susto, olhou para fora e viu margaridas na beira da estrada, hortênsias azuis, rosas, cravos, dálias... A paisagem estava colorida, perfumada, linda. O homem lembrou-se da velhinha, procurou-a no ônibus e acabou perguntando para o cobrador, que conhecia todo mundo. A velhinha das sementes? Pois é, morreu de pneumonia no mês passado.
O homem voltou para o seu lugar e continuou olhando a paisagem florida pela janela. "Quem diria, as flores brotaram mesmo", pensou. "Mas de que adiantou o trabalho da velhinha? A coitada morreu e não pôde ver esta beleza toda".
Nesse instante, o homem escutou uma risada de criança. No banco da frente, um garotinho apontava pela janela entusiasmado: Olha mãe, que lindo, quanta flor pela estrada... Como se chamam aquelas azuis? Então, o homem entendeu o que a velhinha tinha feito. Mesmo não estando ali para contemplar as flores que tinha plantado, a velhinha devia estar feliz. Afinal, ela tinha dado um presente maravilhoso para as pessoas.
No dia seguinte, o homem entrou no ônibus, sentou-se numa janela e tirou um pacotinho de sementes do bolso...

Pr.Adalberto Cross



- Postado por: Poetisa às 09h41
[ envie esta mensagem ]



Morre lentamente
Quem não troca de idéias, não troca de discurso, evita as próprias contradições.

Morre lentamente
Quem vira escravo do hábito, repetindo todos os dias o mesmo trajeto e

as mesmas compras no supermercado.

Quem não troca de marca, não arrisca vestir uma cor nova,

não dá papo para quem não conhece.

Morre lentamente
quem faz da TV o seu guru e seu parceiro diário. (Como pode 14 ,20 polegadas ocupar tanto espaço em uma vida?).  

Morre lentamente
quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música,

quem não acha graça de si mesmo.

Morre lentamente
quem destrói seu amor próprio, quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente
quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante,

 desistindo de um projeto antes de iniciá-lo,

não perguntando sobre um assunto que desconhece
e não respondendo quando lhe indagam o que sabe.

Evitemos a morte em suaves prestações,

lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar!!

Somente a perseverança fará com que conquistemos um estado explêndido de felicidade.

(Pablo Neruda)



- Postado por: Poetisa às 12h43
[ envie esta mensagem ]



Hoje levantei cedo pensando no que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite.

É minha função escolher que tipo de dia vou ter hoje. Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poluição. Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar minhas finanças, evitando o desperdício. Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo. Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido. Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho. Posso sentir tédio com o trabalho doméstico ou agradecer a Deus. Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. Se as coisas não saíram como planejei posso ficar feliz por ter hoje para recomeçar. O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma. Tudo depende só de mim.
(Charles Chaplin)

 



- Postado por: Poetisa às 16h05
[ envie esta mensagem ]



 

 

Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma.

O sonho é o que temos de realmente nosso,

 de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso.
(Fernando Pessoa)



- Postado por: Poetisa às 21h00
[ envie esta mensagem ]



Uma sábia e conhecida história árabe diz que certa vez um sultão sonhou que havia perdido todos os dentes. Logo que despertou, mandou chamar um jovem sábio para que ele interpretasse seu sonho.
- Que desgraça Senhor! Exclamou o jovem - Cada dente caído representa a perda de um parente de vossa majestade!
- Mas que insolente! Gritou o sultão.
- Como te atreves a me dizer semelhante coisa? Fora daqui!
Chamou os guardas e ordenou que lhe dessem 100 chicotadas.
Mandou que trouxessem outro sábio, desta vez mais velho, experiente, e lhe contou sobre o sonho.
Este, após ouvir o sultão com atenção disse-lhe:
-Excelente senhor! Grande felicidade lhe está reservada. O sonho significa que haveis de sobreviver a todos os vossos parentes!
A fisionomia do sultão se iluminou e ele mandou dar cem moedas de ouro ao velho sábio.
Quando este saía do palácio um dos servos do Palácio lhe disse admirado:
- Não é possível! A interpretação que você fez foi a mesma que o seu colega havia feito. Não entendo porque ao primeiro, ele pagou com 100 chicotadas e a você, com cem moedas de ouro…
Respondeu então o velho sábio:
- Lembra-te meu amigo, tudo depende da maneira de dizer… Um dos grandes desafios da humanidade é aprender a arte de comunicar-se…

Pense nisso…


 



- Postado por: Poetisa às 13h15
[ envie esta mensagem ]



Um dia ela foi jovem.O tempo passou e levou consigo toda a sua juventude,deixando somente as marcas em forma de rugas.Rugas estas das quais ela jamais se envergonha,pois elas trazem à lembrança dos muitos anos bem vividos graças a Deus.

Seus cabelos sedosos,
são ajeitados com certa delicadeza.
Totalmente brancos,mas é de um branco que encanta.
Ela adormece ao entardecer.Seu corpo já bem cansado
 por tantas labutas sofridas no passado,merece o devido descanso.
Ela encanta com seu sorriso
Ela envolve a todos com sua bondade e amor.
Gosta de cantarolar músicas antigas.
Músicas que em suas letras contam belas histórias.
Ela é a matriarca de uma imensa família.Ela é paz,
amor,bondade,amiga,ela é meiga.
Vida minha,querida minha,amada mãe.
Viver cada minuto ao teu lado é
como receber dádivas do céu.
Gotas de chuva em forma de amor.
Flor tão formosa aos meus olhos.
Nosso amor é eterno.
Eu te amo minha mãe.


beijos
Neide

 

 



- Postado por: Poetisa às 21h59
[ envie esta mensagem ]



O Caminho da Vida

O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenou a alma dos homens... levantou no mundo as muralhas do ódios... e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e morticínios.

Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.

Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.

(O Último discurso, do filme O Grande Ditador)

                        (Charles Chaplin)



- Postado por: Poetisa às 14h57
[ envie esta mensagem ]



"Não confunda jamais conhecimento com sabedoria.

 Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida." (Sandra Carey)

 


"A sabedoria torna bons os homens. A simulação da sabedoria torna-os péssimos." (Juan Luis Vives)


"A verdadeira maneira de se enganar é julgar-se mais sabido que outros."
(François de La Rochefoucauld)

 

"Diante da sabedoria infinita vale mais um pouco de estudo da humanidade

 e de um ato de humanidade do que toda ciência do mundo"
(Santa Tereza)

 


"A verdadeira sabedoria consiste em saber como aumentar o bem-estar do mundo." (Benjamin Franklin)

 

 


 

 



- Postado por: Poetisa às 15h05
[ envie esta mensagem ]